Dr. Cássio Andreoni

Angiomiolipoma: O que é e quando acontece?

Atualizado em 24/07/2023
Tempo de leitura: 2 min.

O angiomiolipoma é um tumor benigno do rim, que não tem uma causa específica.

No post de hoje, vamos falar sobre o angiomiolipoma, suas características, situações de risco, diagnóstico e tratamento.

O que é o Angiomiolipoma?

O angiomiolipoma é um tumor benigno do rim, que tem crescimento anormal de 3 tipos originários de células, por isso tem esse nome extenso. Como é de conhecimento, qualquer tumor é um crescimento anormal de um tipo de célula, no caso do angiomiolipoma são 3 tipos. O prefixo "angio" é de vaso ou veia, "mio" vem de músculo e "lipo" de gordura, então, esse tumor tem o crescimento anormal de células de gordura, de músculo e de vasos.

Característica e incidência

Ele é um tumor que em 80/90% das vezes ocorre em mulheres, e pode ter uma característica de receptores de hormônio feminino, que pode estimular o crescimento desse tumor, por isso o angiomiolipoma não tem causa específica, podendo afetar tanto homens, quanto mulheres, sendo bem mais comum nas mulheres.

Quando pode ocorrer o crescimento do tumor

Como o seu crescimento pode estar relacionado aos hormônios femininos, em qualquer situação da vida da mulher em que ocorre o aumento desses hormônios, pode ter o aumento desse tumor. Normalmente são 3 as situações em que isso ocorre, sendo uma delas logo quando está vindo a menstruação, que é quando a mulher começa a ter uma produção de hormônios maior. A outra situação, é durante a gravidez, quando também ocorre uma explosão de hormônios femininos, e perto da menopausa, quando ocorre uma reposição hormonal. Então, nessas 3 épocas da vida da mulher, pode ocorrer um crescimento maior do angiomiolipoma.

Situações de risco

O maior problema do crescimento desse tumor, é que ele pode crescer, romper e causar uma hemorragia interna, que pode ser espontânea ou causada após algum pequeno trauma.

Outro problema é quando esse tumor é descoberto durante a gravidez. A gente sempre orienta que durante o ultrassom pré-natal, passe um pouquinho subindo o rim, para ver se está tudo bem com os rins, porque às vezes a paciente tem um angiomiolipoma de milímetros antes da gravidez, e depois de umas 20 semanas ele pode estar com 5/8 centímetros, pois durante a gravidez ele cresce muito rápido. O problema é que pode ocorrer uma hemorragia durante a gravidez, necessitando de um procedimento cirúrgico com anestesia, que pode colocar em risco também a vida do neném.

Diagnóstico e tratamento

O angiomiolipoma, na maioria das vezes é de fácil diagnóstico sem biópsia, porque devido a presença de gordura, com a ultrassom e tomografia associada, a gente consegue perceber e só acompanhar esse tumor.

Quando o tumor é menorzinho ou não tem aneurismas, não é preciso fazer tratamento, podendo só acompanhar. Normalmente, na primeira vez a gente faz mais exames e depois pode acompanhar só com ultrassom. Depois de um tempo pode acompanhar só a cada 6 meses, depois, se estiver tudo bem, uma vez por ano, e aí vai a cargo de quem estiver acompanhando o caso, para saber se está precisando de uma atenção maior ou não.

Caso o angiomiolipoma cresça muito, é interessante tirar, para que não ocorra uma hemorragia espontânea.

Se você gostou desse conteúdo, não esqueça de compartilhar com pessoas que possam se interessar e continue nos acompanhando.

Dr. Cassio Andreoni Ribeiro

CRM 78546
RQE 102167 - Urologista

Urologista formado na Universidade Federal de São Paulo, há 25 anos e qualificado em cirurgia minimamente invasiva e robótica.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  1. Adorei o histórico pois estou aq C meu exame deixando me bastante angustiada.mas já C calma depois q fiz a leitura deste texto. Parabéns bem explícito

    1. Obrigado pelo comentário Guaracyara, ficamos falizes que o conteúdo tenha sido esclarecedor e tranquilizante ao mesmo tempo. Não deixe de acompanhar esse caso de angiomiolipoma junto ao seu médico urologista de confiança. Boa sorte!

 | 09 / 04 / 24
Descubra mais sobre os cistos renais e sua classificação Bosniak neste texto informativo. Entenda os diferentes tipos de cistos, os riscos associados a cada um e a importância de consultar um especialista para avaliação e tratamento adequados.
Ler Mais
 | 26 / 09 / 23
Descubra como as cirurgias renais podem afetar a função do rim e o que você pode fazer para preservar sua saúde renal. Entenda as nuances desses procedimentos e como manter um rim saudável após a cirurgia.
Ler Mais
1 2 3 14
Atenção: O site  cassioandreoni.com.br  apresenta informações de qualidade, sobre a saúde masculina, para orientação de todos. Não substitui uma avaliação completa e diagnóstico adequados, em consulta médica.

Dr. Cássio Andreoni© – CRM 78.546 | Desenvolvido por Surya Marketing Médico.

Todos os direitos reservados © 2024
Última atualização: 09/04/2024 às 14:38
cross