Câncer na Bexiga

Eu sou Cássio Andreoni, sou urologista e vamos falar hoje sobre Câncer de Bexiga.

O câncer na bexiga é um tumor muito mais comum do que é divulgado. Sendo mais ou menos o 4º tumor maligno mais comum no homem e na mulher. Sendo mais comum em pessoas acima dos 65 anos de idade.

O câncer de bexiga está muito ligado ao hábito de fumar. Então, o tabagismo pode aumentar entre 4 e 5 vezes as chances de um câncer de bexiga.

O câncer de bexiga tem o sintoma de urinar com sangue, o que deixa muitas pessoas assustadas. A urina fica bem vermelha, podendo sair até pedaços de coagulo junto com a urina.

Mulheres muitas vezes só percebem ao dar a descarga e homens ao urinar. Quando isso acontece, faz-se alguns exames e o diagnóstico não é possível, muitas vezes, somente nos exames de imagem. Muitas vezes é preciso fazer o diagnóstico passando um aparelho endoscópico na uretra, para fazer uma “endoscopia” da bexiga.

Toda vez que aparece sangue na urina, é preciso fazer diversos exames, para excluir outras possibilidades como infecção urinária.

Pelo exame de imagem, quando o tumor é maior, já é possível ve-lo. Mesmo assim, na maioria das vezes, é preciso fazer a “endoscopia” da bexiga, feito com anestesia, pois caso haja o tumor, já é feita uma raspagem para a biópsia.

Metade dos casos é um “tumor superficial” e muitas vezes será feito apenas um acompanhamento do mesmo. Em 1/3 dos casos é preciso fazer um tratamento adicional, injetando um liquido na bexiga para prevenir ou continuar o tratamento desse tumor. E em 20% dos casos, é necessário fazer a retirada da bexiga completa, é uma cirurgia de grande porte.

Para viver sem a bexiga, existem duas formas:

  • Usar uma bolsa de urina (externa)
  • Construir uma nova bexiga, com parte do intestino

Cada caso é diferente, nem todos podem construir esse reservatório, mas quando é possível acaba sendo o procedimento mais indicado.

Em alguns casos é preciso fazer o tratamento acompanhado do oncologista, porque as vezes é necessário quimioterapia.

Felizmente a maioria dos casos tem sido pegos em fases iniciais, onde a maioria do tratamento pode se preservar a bexiga e com uma chance de cura muito grande.

Dr. Cásssio Andreoni

Urologista pioneiro em robótica para cirurgia de próstata.

Entre em contato:

CRM 78.546

ENTRE EM CONTATO

(11) 2151-5508 | (11) 2114-6234
Whatsapp (11) 97446-4726

Avenida Albert Einstein, 627
Bloco A1 - 5º andar - Sala 508
Pavilhão Vicky e Joseph Safra
Hospital Albert Einstein
São Paulo - SP

ACOMPANHE NAS
REDES SOCIAIS

        

WhatsApp Entre em contato