Dr. Cássio Andreoni

Estenose de Uretra

Atualizado em 04/04/2023
Tempo de leitura: 3 min.

A uretra é o órgão responsável por levar a urina da bexiga para fora, tanto nos homens quanto nas mulheres. Porém, algumas situações podem fazer com que ocorra o estreitamento da uretra, conhecida como estenose de uretra.

No post de hoje, vamos falar sobre as causas da estenose de uretra, seus sintomas, riscos e alertas para a importância do diagnóstico dessa doença. Acompanhe!

Diferença entre Uretra e Ureter

Muitos confundem o uretra com ureter e realmente as palavras são bem parecidas, porém possuem funções distintas. O ureter é o caninho que vem do rim até a bexiga, tem por volta de três a seis milímetros de diâmetro, já a uretra, é o caninho que leva a urina da bexiga para fora, tanto o homem quanto a mulher possuem essa estrutura.

A uretra da mulher possui cerca de três a quatro centímetros apenas de extensão de cumprimento, ou seja, é uma estrutura curta, no entanto, o homem possui uma uretra bem mais longa, inclusive o homem divide a uretra em quatro partes na peniana, bulbar, a membranosa que passa no músculo do períneo e a prostática, então a uretra também passa no meio da próstata. 

Causas da Estenose de Uretra

Quando falamos de estenose de uretra, temos que ter em mente que tanto o homem quanto a mulher podem desenvolvê-la. Para as mulheres é menos comum o aparecimento dessa doença nos dias de hoje, porém no passado, quanto mais haviam partos normais, com pouco acesso ou de forma não tão cuidadosa como aconteciam nas últimas décadas, pequenas lacerações na vagina durante a passagem do neném, pode criar cicatrizes, seja no pós-parto ou em manipulações cirúrgicas da vagina, em que nos dias atuais podem ser resolvidas a partir da cirurgia de reconstrução da vagina, que pode ser realizada por algum problema, tendo o risco de evoluir também para a estenose de uretra, que tem os sintomas mais ou menos iguais do homem, que é basicamente um jato mais fraco.

No homem, como há a questão da próstata, se ocorrer o aumento benigno da próstata que causa uma obstrução ao fluxo na uretra, nós não a chamamos de estenose de uretra, nós chamamos de estenose de uretra no homem as estenoses feitas na uretra anterior a uretra peniana e bulbar, e no homem em particular ela é causada por outros fatores, entre eles a causa mais conhecida é pós uretrite, conhecida também como gonorreia, a gonocócica.

A infecção tanto de clamídia ou do gonococo que dão a uretrite, fazem com que esse corrimento uretral, normalmente contagiado após relações sexuais. Com os microrganismos alojados na uretra, promovendo infestações que geram a produção de líquido, depois de curadas, há a cicatrização dessas glândulas e essa cicatriz associada à retração, forma-se a diminuição da circunferência da luz na uretra, diminuindo a vazão. Isso pode ocorrer às vezes, anos ou décadas depois, ou seja, pode ocorrer de um homem ter uretrite, gonorreia, clamídia e descobrir somente após, 5,8, 15 anos perceber essa estenose.

Queda a Cavaleiro

Uma outra causa de estenose é o que se chama de queda a cavaleiro; como a uretra do homem passa embaixo do saco escrotal  e depois entra em 90° como se fosse da mulher. Quando o homem cai com a perna aberta, como por exemplo andando de skate e entra naqueles corrimãos e acaba caindo, a maioria dos urologistas já imaginam um possível trauma na uretra, tem pessoas que acham que o fato até da criança neném, ainda de fralda que anda e sempre cai com a perna meia aberta já poderia iniciar um risco de trauma, porém há controvérsias se é ou não, mas esse tipo de trauma a partir de queda ao tempo inteiro, pode criar uma lesão crônica, tal qual aquela da uretrite no mesmo local ou algum trauma mais forte, tanto de moto, bicicleta, andando a cavalo, etc.

Riscos,  Diagnósticos e a Importância da Prevenção

Todas essas situações podem causar realmente uma fratura real na hora, que ela é quase sempre seguida de uma saída espontânea de sangue pelo buraquinho do pênis, da uretra no meato uretral. Então, se teve uma queda desse tipo e saiu um pouco de sangue, é provável que tenha ocorrido uma ruptura, um trauma incompleto da uretra e o paciente pode continuar urinando, porém é necessário que seja realizado um diagnóstico imediato, algum tratamento para evitar o risco de evoluir o trauma pelo estreitamento da uretra, possibilitando a formação de um trauma completo, ou seja, esse problema precisa ser resolvido urgentemente no pronto-socorro. 

O mais importante da estenose de uretra é a prevenção, tanto em mulheres na assistência adequada ao parto, aos procedimentos ginecológicos ao homem, evitando doenças sexualmente transmissíveis e esses tipos de traumas.

Caso, perceba-se um trauma maior e tenha alguma irritação até a saída de sangue, o ideal é procurar um urologista e se acontecer de forma urgente, é necessário ir ao pronto-socorro.

Dr. Cassio Andreoni Ribeiro

CRM 78546
RQE 102167 - Urologista

Urologista formado na Universidade Federal de São Paulo, há 25 anos e qualificado em cirurgia minimamente invasiva e robótica.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

 | 05 / 09 / 23
Saiba mais sobre as complicações da dificuldade urinária, seu impacto no envelhecimento, riscos de câncer de bexiga e a importância do diagnóstico correto por exames de urina. Explore como o envelhecimento afeta a função da bexiga e a necessidade crucial de manter uma hidratação adequada.
Ler Mais
 | 29 / 08 / 23
Descubra as causas e preocupações relacionadas à presença de sangue na urina, seja ao urinar ou em exames de rotina. Este artigo explora os cenários que envolvem homens e mulheres, oferecendo insights sobre avaliações médicas e possíveis diagnósticos.
Ler Mais
1 2 3 9
Atenção: O site  cassioandreoni.com.br  apresenta informações de qualidade, sobre a saúde masculina, para orientação de todos. Não substitui uma avaliação completa e diagnóstico adequados, em consulta médica.

Dr. Cássio Andreoni© – CRM 78.546 | Desenvolvido por Surya Marketing Médico.

Todos os direitos reservados © 2024
Última atualização: 09/04/2024 às 14:38
cross